Home » Esporte » Brasil empata com Argentina e garante classificação à Copa do Mundo
- Atualizado em 17/11/21 às 09h46

Brasil empata com Argentina e garante classificação à Copa do Mundo

Com o resultado a seleção brasileira permanece na liderança da classificação da competição, agora com 35 pontos

Foto: Juan Mabromata / AFP

Redação
Previamente classificada à Copa do Mundo de 2022, a Seleção Brasileira caminhou mais um passo em direção à competição e manteve sua invencibilidade nas Eliminatórias Sul-Americanas na noite da última terça-feira (16).

Com o resultado a seleção brasileira permanece na liderança da classificação da competição, agora com 35 pontos, enquanto o time do craque argentino Lionel Messi é o vice-líder com 29 pontos.

Neymar ficou de fora da partida após sentir dores na região do adutor da coxa esquerda no treino da última segunda-feira (15). Com isso, Tite, técnico da seleção, priorizou jogadas pelas extremas, com destaque para os jogadores Vinícius Júnior e Raphinha.

O placar permaneceu inalterado até o intervalo de um jogo muito disputado, às vezes até violento, como na cotovelada de Otamendi em cima de Rapinha aos 33 minutos. Este lance deixou o brasileiro com o rosto sangrando, enquanto o argentino não recebeu qualquer punição.

O final do jogo foi marcado por muita luta e poucas oportunidades em ambas as partes. O lance mais perigoso do Brasil surgiu quando Fred aproveitou um rebote para bater da entrada da área e acertar o travessão aos 14 minutos. Porém, a jogada mais bonita veio aos 19 minutos, quando Vinícius Júnior dominou na ponta esquerda, bem perto da linha de fundo, e deu uma carretilha para se livrar de Molina e tocar para Lucas Paquetá, que tentou a jogada com Matheus Cunha, que mandou a bola para fora.

O próximo jogo da Seleção Brasileira só acontece em 2022. A partida está marcada para o dia 27 de janeiro contra o Equador, também pelas Eliminatórias.

Leia também:

Vitória emplaca 3 jogadores na seleção da 36ª rodada da Série B

Partida entre Vitória e Botafogo-PB tem horário antecipado pela CBF



COMENTÁRIOS
RELACIONADAS