Home » Esporte » Direção do Bahia considera jogo sem público após decreto do estado
- Atualizado em 24/01/22 às 10h09

Direção do Bahia considera jogo sem público após decreto do estado

O assunto está marcado para ser discutido nesta segunda-feira (24), durante reunião entre o time e a arena

Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia

Redação
A diretoria do Bahia está estudando a possibilidade de não abrir a Fonte Nova durante as próximas partidas, enquanto estiver em vigor o decreto do governo do estado, que limita o número de pessoas para, na capacidade total dos estádios.

O assunto está marcado para ser discutido nesta segunda-feira (24), durante reunião entre o time e a arena. Os responsáveis pela direção Tricolor acreditam que a abertura do estádio um público máximo de 1.500 torcedores pode trazer problemas financeiros ao clube. O decreto instituído por Rui Costa, governador da Bahia, começa nesta segunda-feira e vai até o dia 4 de fevereiro.

O acordo do Esquadrão de Aço com a Fonte Nova, prevê que caso o duelo não tenha público, o estádio fica responsáveis pelos custos. Caso o número de torcedores presentes for entre 1 e cerca de 20 mil (50% da capacidade), o custo fica para o Bahia. Acima de 20 mil pessoas, as despesas são divididas.

A próxima partida do Bahia acontecerá nesta quarta-feira (26), às 19h15, válida pela 3ª rodada do Campeonato Baiano.

Leia também:

Clássico da Copinha: campo é invadido e faca é encontrada pela arbitragem

Vitória encerra treinamento para enfrentar o Barcelona de Ilhéus

Link:


COMENTÁRIOS
RELACIONADAS