Home » Política » PP pode sair da base do governo na Bahia com filiação de Bolsonaro
- Atualizado em 13/10/21 às 12h08

PP pode sair da base do governo na Bahia com filiação de Bolsonaro

Para o petista, a situação inviabilizaria a eleição de diversos deputados pelo partido

Foto: Reprodução

Redação
O governador da Bahia, Rui Costa (PT), reconheceu, nesta quarta-feira (13), a dificuldade do Progressistas (PP) ficar na base, caso o presidente Jair Bolsonaro se filie ao partido, e afirmou que vai buscar alternativas junto com o vice-governador João Leão (PP).

“Eu vou conversar ainda, vou viajar, mas vou conversar com o PP. Se isso isso se materializar a situação fica muito complicada numa aliança da chapa com o PP. Não é fácil. Precisamos discutir. Espero que não se materialize. Vamos ter que discutir alternativas. Vou conversar com Leão as alternativas”, afirmou.

Para o petista, a situação ficaria bastante complicada e inviabilizaria a eleição de diversos deputados no PP. “Uma tragédia esse presidente ser rejeitada por 70% do Nordeste e mais de 80% dos baianos e não acredito que os parlamentares do PP ficarão ficar do lado. Fica complicado para eleger até quem tá dentro da sigla. Vão ter situação difícil, pois o voto do Bolsonaro não se enquadra no perfil do PP”, analisou.

O vice-governador da Bahia, João Leão é o presidente da legenda no estado.



COMENTÁRIOS
RELACIONADAS