Home » Notícias » Grupo protesta em defesa da liberdade acadêmica após professora ser denunciada em Salvador
- Atualizado em 24/11/21 às 16h49

Grupo protesta em defesa da liberdade acadêmica após professora ser denunciada em Salvador

Ato ocorre após uma professora ser denunciada por “doutrinação feminista e conteúdo de cunho esquerdista”

Foto: Divulgação / APLB

Redação

Em defesa da liberdade acadêmica, um grupo protesta nesta quarta-feira (24), em frente à Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes Contra a Criança e o Adolescente (Dercca), em Salvador. O ato ocorre após uma professora ser denunciada por “doutrinação feminista e conteúdo de cunho esquerdista”.

Estão presentes na manifestação alunos, professores e representantes do Sindicato dos Trabalhadores da Educação da Bahia (APLB). De acordo com a Transalvador, o protesto não atrapalha o trânsito.

Durante o ato, os manifestantes seguraram faixas, bandeiras e cartazes, com frases em apoio à professora e à liberdade: “Queremos uma escola onde a liberdade de expressão seja aplicada para os professores”.

A situação envolvendo a professora aconteceu no Colégio Estadual Thales de Azevedo (CETA), que fica no bairro do Costa Azul, e foi registrado na Dercca.

No boletim de ocorrência, a mãe da estudante relatou que a filha teria sofrido constrangimento na escola, em decorrência de sua opinião política, e teria sido hostilizada por colegas e impedida de participar de atividades em grupo, sob consentimento da professora.



COMENTÁRIOS
RELACIONADAS