Home » Notícias » Polícia impõe sigilo de 15 anos a dados de operação que matou Lázaro
- Atualizado em 25/07/21 às 12h40

Polícia impõe sigilo de 15 anos a dados de operação que matou Lázaro

A justificativa dada é de que a divulgação dos dados neste momento pode colocar em risco a instituição e atrapalhar futuras operações

Foto: Montagem / Divulgação SSP Goiás

Redação 
Os dados da operação policial que matou Lázaro Barbosa estão sob sigilo por quinze anos. A determinação é da Polícia Civil de Goiás e foi divulgada em resposta a um pedido de dados realizado pelo Correio Braziliense sobre a operação.

A justificativa dada pela polícia é de que a divulgação dos dados neste momento pode colocar em risco a instituição e atrapalhar futuras operações.

No pedido realizado pelo veículo de imprensa, via Lei de Acesso à Informação (LAI), e endereçado às Secretarias de Segurança Pública de Goiás e do Distrito Federal, foram solicitadas informações como valor investido na operação, o tamanho da área monitorada pelas autoridades nas buscas e os gastos com combustível por viaturas e helicópteros.

Na resposta, o delegado-geral adjunto Deusny Silva Filho argumentou que a divulgação das informações iria expor os equipamentos de que a instituição dispõe para investigação e operações policiais, a estratégia e os recursos usados, bem como projetos futuros.

Leia também: 

Mega-Sena acumula e pode pagar prêmio de R$ 12 milhões na quarta-feira

Caixa paga hoje auxílio emergencial a nascidos em agosto

No STF, Mendonça pode frustrar bolsonaristas

Link:


COMENTÁRIOS
RELACIONADAS