Home » Política » TV Globo denuncia fundação do Pastor Isidório por castigos a internos
- Atualizado em 20/06/22 às 11h03

TV Globo denuncia fundação do Pastor Isidório por castigos a internos

A reportagem diz ainda que alguns internos passam o “dia todo lendo a Bíblia”, como forma de punição

Foto: Reprodução

Redação

No último domingo (19), a Fundação Doutor Jesus, que é comandada pelo deputado federal baiano Pastor Sargento Isidório (Avante), foi alvo de denúncia, no programa Fantástico, da TV Globo.

Na reportagem, há denúncias de maus tratos como castigos físicos, racionamento de comida, segregação e repressão sexual e doutrinação religiosa interferindo nos cuidados médicos. Práticas condenadas por especialistas e pelo Ministério Público, inclusive com denúncias de violação aos direitos humanos.

Internos relataram que os considerados indisciplinados ficam em um espaço chamado “corredor”, e sofrem com redução drástica na alimentação. “Você não sai do corredor para nada. Só para ir no banheiro e beber água. (…) Tem a disciplina. Aí come arroz. Três dias de arroz, dependendo da sua gravidade do que a pessoa fez”, disse um interno, sem ser identificado.

A reportagem diz ainda que alguns internos passam o “dia todo lendo a Bíblia”, como forma de punição. O Fantástico mostra também Isidório ironizando a orientação sexual dos dependentes químicos.

“Cabelinho quer rapá. Vai procurar um jegue. Você nasceu foi macho, rapaz”, diz o deputado. Com um facão na mão, ele zomba da medicina: “Meu psiquiatra chegou. Seu psiquiatra chegou”.

Em uma publicação nas redes sociais, Isidório escreveu na legenda: “Após a reportagem do Fantástico, veja que FANTÁSTICO o carinho que os internos têm com o seu dito ‘torturador'”

No V Notícias, você fica sabendo de tudo! Siga o portal no Google Notícias e receba todos os destaques do dia.

Tópicos:
Link:


COMENTÁRIOS
RELACIONADAS